Feeds:
Posts
Comments

Archive for the ‘Pessoal’ Category

Eu Sei

Amgs lembrei da responsabilidade jurídica e apaguei o post anterior.

A vida corporativa é esse grande monte de bosta mesmo.

Advertisements

Read Full Post »

Mudança

E daí que esse blog já foi de um tudo? Bem colcha de retalhos mesmo. Na verdade a minha vida é uma colcha de retalhos. Em minha mente há momentos em que me lembro, ou penso lembrar de fatos, pessoas e lugares que nunca existiram. Ou existiram, só que na minha mente foi bem melhor. Tipo Inception. Tipo maluquice. Enfim. Mais um caminho para este blog é aberto. Eu infelizmente não tenho mais tempo para procurar notícias, fazer aqueles posts enormes e tals. Mas tenho que ter algum lugar para escrever meus textos chatos. Tipo aquele caderno bacana que minha mãe me deu na adolescência para que colocasse tudo o que sentia em naquelas brancas páginas. Sim, filosofia antiga, mas quer saber? Deu certo e me viciou. Agora corro eu para escrever o que sinto, sendo bom, sujo ou apenas errado.

Tipo maluquice mesmo.

Read Full Post »

A Morte

Nascer é morrer. É a única certeza que temos e o mais interessante é que ninguém aceita. Os que se dizem evoluídos espiritualmente se descabelam quando perdem entes queridos. Céticos se deprimem quando encaram a realidade. Crentes se revoltam contra seu deus que “escolheu a mais bela flor para seu jardim”. O fato é que a morte não é natural. Não nascemos para morrer, caso contrário aceitaríamos a morte como algo que faz parte do ciclo da vida. O plano não era esse e a verdade está a disposição de todos.

Escolhi um avô para mim, o Seu Zacarias, meu vô Zaca. Passou anos fazendo telhados, cortando árvores para fazer mesas. Um carpinteiro de mão cheia, se me permitem o clichê. Comprava as melhores frutas para a família e amigos. Sabia escolher melancias e os abacaxis mais doces, porque assim sua “véia”, a vó Maria Paula, gostava. O maior carnívoro que conheci. “Gina! Almoço tá pronto?” “Sim, pai, hoje tem lasanha!” “Isso lá é comida? Comida é carne!”. Sempre pegava no pé da minha mãe, que sempre atrasava o almoço. “Quem vai fazer o almoço hoje é a Edinha? Vou comprar pão porque vai demorar!”. Sua felicidade era a felicidade da sua família e amigos. Queria sempre sua casa cheia, essa era a sua felicidade.

Descanse em paz, vô Zaca. Você fez um belo nome.

Read Full Post »

Não, este não é um texto sobre minha primeira experiência sexual. Hoje dirigi pela primeira vez na Av. Paulista e pela primeira vez bateram no meu carro (que não é meu, é da minha mãe mas a carteira de motorista dela está vencida então é mais meu que dela. BTW ela estava ao meu lado). Ainda bem que foi meu amigo. Vou contar a história direito. Saindo de um dos bares da Av. Paulista, o Pier Paulista (#ficadica), cometi o erro de virar a esquerda na Av. Paulista saindo pela Brigadeiro. Tudo estava tranquilo, me senti seguro em cometer esse erro. Eu não contava era com o sinal fechado e com uma mulher atravessando a rua. Mesmo assim tudo estava tranquilo. Nem ao menos cantei pneu ao frear! O que não contava era com meu amigo me seguir e ficar distraído tentando achar a placa de “proibido virar à esquerda”, não conseguir frear e acertar em cheio a minha lanterna esquerda traseira =/ Pelo menos descobri que nessas situações fico calmo e ajo com a razão. Meu “bróder” ficou extremamente nervoso consigo mesmo, deu até dó.

Aí eu fiquei pensando nas primeiras vezes e nas decisões que tomamos na vida. É você quem determina o que vai acontecer em sua vida e não uma força superior. Nada está escrito, tudo está em branco.

Acho que bebi um pouco demais.

Read Full Post »

2009 foi um ano mais ou menos para mim, bastante caótico para dizer a verdade. Poucas coisas boas, porém significativas ao passo que coisas muito desagradáveis tanto com minha família como com pessoas próximas aconteceram. Mas não vou falar de todas elas. A maioria já tratei comigo mesmo e tentarei não cometer os mesmos erros não apenas nos próximos doze meses, mas para sempre.

Fui para Buenos Aires sozinho, o que foi uma experiência maravilhosa. Conheci lugares incríveis, pessoas melhores ainda e poucas delas, porém as melhores, ainda mantenho contato. Tentei continuar meus estudo no segundo semestre do ano, porém por problemas pessoais não consegui. Mas não fiquei parado. Conheci Dj’s maravilhosos, desenhistas ótimos, publicitários loucos, pessoas incríveis e o melhor de tudo foi conhecer pessoas que eu sei que posso contar e elas sabem que podem contar comigo sempre. É, não vou citar nomes, nem @’s, elas sabem quem são 🙂

Em 2009 consegui redescobrir um amor em minha vida: Escrever. Para isso eu sempre tive cadernos em que escrevia histórias malucas que nunca tiveram fim, além de blogs que conseguiram chegar ao meio e tiveram um fim. Agora eu sei que, mesmo fazendo isso errado, não consigo mais viver sem escrever, sem me comunicar. Da mesma forma, não consigo viver sem ir ao cinema e escrever sobre o que senti na sala escura. Ainda não sei como direcionar isso, para que lado eu vou, mas pretendo dar a devida atenção e me profissionalizar. Já dei o primeiro passo reunindo tudo o que já escrevi sobre em um único blog, o Direto do Cinema.

Profissionalmente minha vida virou um caos completo. Meu emprego fixo virou de cabeça para baixo. Agradeço ao Twitter por ter me dado a oportunidade de conhecer pessoas que me permitiram atuar como tradutor, transcritor, colaborador em sites diversos além de revistas, fotógrafo, figurante e até desenhista, o que não farei nunca mais até fazer aquele curso na Quanta! Sei lá o que 2010 me reserva, mas até lá pretendo ser ótimo em um desses caminhos e muito bom em todos eles, pois amei cada experiência.

Esse ano que passou foi o que mais senti falta de uma pessoa que se foi há muito, e foi o ano em que fiquei muito feliz com o casamento do meu melhor amigo, meu irmão de alma. No início eu não soube como lidar com isso, sou muito ciumento com minhas amizades. Eu quero que as pessoas que amo sejam mais felizes do que eu. E graças a Deus meu irmão está feliz e a esposa dele é a mais linda de todas! Ganhei uma irmã!

Fiquei muito preocupado e ansioso em 2009. Espero que os próximos doze meses sejam mais tranquilos e que eu possa amadurecer. Amadurecer profissionalmente e pessoalmente. Crescer. Quem sabe encontrar uma pessoa que queira dividir momentos comigo? Afinal, todos procuramos alguém para dividir coisas, sejam elas boas ou ruins. Acho que cheguei naquela fase da vida em que você quer seguir em frente. É o curso natural das coisas.

Este foi um ano de incertezas e dualidades. Eu quero estabilidade, felicidade, amor. É o que todos querem. É o que desejo a todos.

Read Full Post »